10 de julho de 2012

Escolher seguir um trilho e deixar o coração ao lado... achando que se pode pegar nele e sentir as coisas quando conveniente... nunca resulta... 
é como criar na nossa alma universos diferentes.
é a ilusão de querer o melhor de dois mundos... quando no fundo... criamos vazios no nosso reflexo, ecos de nada no nosso peito. É Fingir que não se ama, que se desconhece a centelha do sentir. E um dia... quando estenderes a mão para o teu coração... corres o risco de já não saber como fazê-lo.


genna




‎''Para onde quer que fores, vai todo, leva junto teu coração.''


Confucio