20 de março de 2009


o vento arrastou as folhas da idade, com efémeros sussurros...
o tempo, passou... e dissecou os meus dias como cadaveres.
mas ainda não estou naquele lance de escadas.
ainda doi...
quero esquecer o mundo lá fora.
quero ensurdecer, emudecer, cegar...
e apenas sentir de mãos estendidas aos céus
o que o universo me segredar.