31 de outubro de 2012

Missões

E porque a vida começa hoje, começou agora, sendo o agora sempre que me apetecer ler isto :),
temos missões Zula Maria!
Ah pois é...
Missão Nº 1 - Aceitar árvores falantes a conspirarem entre si que nem crianças matreiras no meio de nenhures! Normalíssimo...
Missão Nº2 - Aceitar que as matreiras apenas te diziam, não tenhas medinhos, porque está tudo bem.
Missão Nº3 - Mas, se uma velhinha cair no meio daquelas árvores, esquece lá isso, não vamos colocar a capa para a salvar porque seria uma versão de branca de neve e a maçã envenenada :) (teremos nesse caso que aceitar que não podemos sempre salvar o mundo sem missões interiores resolvidas)
Missão Nº4 - Criar uma nova versão de dias maus: a partir de Agora são dias não importantes, como tal vão deixar de existir porque ficam para trás, e nós não queremos saber disso! (Falem para as árvores! Diz-lhes!)
Missão Nº5 - Encerrar a questão das árvores porque não tarda temos uma saga de Steve, o Cão! Fala Amor!
Missão Nº6 - Explicar aos que acidentalmente se depararem com este texto que é apenas um momento que tinha que registar aqui, por ter importância. Simplesmente.
Missão Nº7 - Fechar portas sem olhar para trás. Sem peso de ter que explicar a quem quer que seja as tuas decisões da Alma. Uns porque não lhes diz respeito, outros porque te amam e isso é suficiente para não questionarem. A não ser o Gustavo Fofinho!  Missão nº nao sei das quantas! :) rebuscar a Alma para renascer algo bonito... e nesse caso que venha a dor! Amor!
Missão Nº8 - Simplificar. Agarrar no baú das memórias, fabricar um perfume e derramar a sua essência em páginas. Torná-las a tua manta de retalhos em que te aconchegas quando tens frio, tornando útil o que viveste sem que te pese, apenas te proteja.
Buddha Missões Zulix. Muito trabalho. Muitos sorrisos. And so on, porque o Agora está sempre a entrar sem bater na porta. E são muitas portas...
Que assim seja, assim seja, assim seja ****
Shanti.