27 de janeiro de 2008

tormenta


a sensação é como se uma onda me invadisse e consigo sugasse toda a minha energia... como uma maré atormentada que derruba tudo e todos para depois arrastar consigo o caos que gerou. é estranho mas é como o consigo explicar. agonia, fraqueza e cansaço, um enorme cansaço. de que mar virás?... qual o vento que te sopra ao ouvido? que correntes te prendem? e que perigo ofereço eu? uma ancora no meio de um oceano... não sei, ainda não o entendo... só espero que tenha servido para algo... pois não me rendo!